• Henrique Brito Moura

6 dicas para diminuir o tempo de entrega no delivery

Atualizado: 25 de jun. de 2021

O delivery vem sendo um setor de muita crescente nos últimos tempo. Durante a pandemia, a quantidade de estabelecimentos que fazem delivery passou de 49% para 81%, segundo pesquisa da VR Benefícios.


“O aumento do e-commerce é um movimento que vimos crescer fortemente nos últimos meses, principalmente nas plataformas de entrega de comida. E o uso cada vez maior do link de pagamento é uma tendência no setor de benefícios, tanto que a VR Benefícios foi a primeira a lançar este serviço para seus clientes”, explica Paulo Roberto Esteves Grigorovski, diretor executivo de Marketing e Serviços ao Trabalhador.


O crescimento do delivery por necessidade dos estabelecimentos está sendo acompanhado pelo consumidor que, cada vez mais está disposto a utilizar esse tipo de serviço. A demanda pelo delivery também vem aumentando bastante, tanto pela necessidade, quanto pelo costume por parte do consumidor final.


Sendo assim, trabalhar com serviço de delivery em restaurantes e outros estabelecimentos de alimentação vem deixando de ser um diferencial e tornando-se uma necessidade. E com todos utilizando, você precisa de diferenciais para poder se destacar da concorrência.


Uma das principais maneiras de operacionalizar isso é reduzindo e otimizando o tempo de entrega. Fazendo entrega mais ágeis, o seu delivery vende mais.


Além disso, um dos principais critérios que leva o cliente a escolher pedir no seu delivery é o tempo de entrega.


Uma pesquisa da Qualibest, mostra que 58% das pessoas já deixaram de comprar novamente em um delivery em virtude de problemas de demora na entrega. Inclusive, eu, que escrevo este artigo, já deixei de pedir em um restaurante que tinha uma comida muito saborosa pelo fato de demorarem cerca de 2h para me entregarem um pedido.


Pensando nisso, separamos 6 dicas para que você possa melhorar o seu tempo de entrega. Esperamos que lhe ajude!


1. Recebimento automatizado de pedidos


Desorganização tende a acarretar em erros. Centralizar pedidos em WhatsApp, anotações de papel e/ou mentalmente, pode fazer com que eles se percam ou que não sejam vistos na ordem cronológica, fazendo com que pedidos se atrasem.


Há muitas formas eficientes de gerenciar os seus pedidos, mas uma das melhores e mais utilizadas e indicadas pela Ev8 Digital em suas operações de vendas dos seus clientes são os cardápios digitais, como o Goomer. Nele, você consegue não só organizar os pedidos e relatórios de vendas em dashboards, como consegue organizar o seu cardápio de forma com que o cliente realize o pedido por ele.


2. Tenha um estoque organizado


Ter consciência de o que você tem em estoque e o quanto, facilita no preparo do pedido, bem como na liberação para entrega, fazendo com que o pedido chegue mais rápido ao cliente.


3. Equipe treinada

Uma equipe treinada está apta a resolver qualquer situação, prevista ou não prevista, com facilidade. Tenha um processo produtivo que permita que cada pessoa saiba com exatidão a sua função (preparo, montagem, embalagem, conferência e liberação). Dependendo do tamanho da sua operação, essa linha produtiva pode ser menor.



4. Padrões na produção


Manter um padrão na cozinha ajuda no fluxo de tempo. Usar fichas técnicas são maneiras de acelerar os processos, ela é fundamental para padronizar a produção dos pratos e garantir um preparo mais rápido e consequentemente, uma entrega mais ágil.

Outro ponto importante é fazer o mise en place. O ideal é você saber quanto de cada item você vende em média por dia. Com essa informação, você deixa a cozinha e todos os ingredientes preparados para atender esse número, assim quando os pedidos começarem a chegar, poderão ser atendidos com mais agilidade. Com relação às embalagens, deixe-as pré-montadas e os descartáveis como guardanapos e talheres, separados. Não se esqueça das etiquetas de produção e lacres de segurança.

5. Estudo de Logística

Procure elaborar a melhor logística para que seu motoboy consiga entrega o máximo de pedidos num tempo reduzido. Para isso, é importante que se faça um estudo de rotas, conheça a velocidade que o seu funcionário, e saiba o seu limite de tempo e demanda para que possa esperar um novo pedido para sair junto do último. Cuidado para não querer mandar 'tudo de uma vez' e acabar atrasando os pedidos mais antigos.

6. Tenha rotas alternativas

Caso seu restaurante fique em alguma região que possui movimentação grande de carros, gerando congestionamento em alguns horários, é necessário que você conte com uma segunda opção de rota. Por isso, estude o mapa da cidade, assim fica fácil criar rotas alternativas que facilitem o trabalho dos motoboys.


Gostou desse conteúdo ? Compartilhe com aquele conhecido que tem um delivery!


Precisando aumentar as suas vendas ? Conheça o Método Ev8 para impulsionar as de deliverys.



9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo